Cafés (Tradicional | Especiais)

A tecnologia magnética da Quanticum é versátil, e possui diferentes aplicações para cafeicultura. Nossas soluções são focadas na necessidade e nível tecnológico do produtor. Unimos gerações e conectamos tecnologia de ponta para inovar na cafeicultura brasileira. Junto com você a Quanticum vai criar condições estratégicas para expansão e consolidação de cafés especiais e tradicionais. 

Geramos diagnósticos assertivos e planos de ações otimizados para produtores, cooperativas e diferentes empresas do segmento de café com base no magnetismo do solo. Conheça novas possibilidades para o café nacional com a tecnologia Quanticum. Locais com mesma altitude, variedade, solo e até manejo, tem naturamente diferentes proporções de minerais no solo. A variação desses minerais influência na disponibilidade de água, nutrientes e na resposta do cafeeiro. Um Catuaí Amarelo plantando sobre solo de textura argilosa à 1.200 metros de altura, mas em diferentes ambientes magnéticos pode apresentar bebida com nota 82 até 87. Conhecer esses ambientes previamente e seu potencial de resposta em termos de qualidade de bebida e produtividade (Sc / ha) faz toda diferença para o produtor, cooperativa ou negociador de café. A tecnologia magnética da Quanticum aliada a outros pacotes tecnológicos é capaz de identificar com precisão essas variações. A figura abaixo mostra um caso real onde a tecnologia magnética foi implantanda. Cada fazenda está em um ambiente com diferentes tipos de argila com altitude semelhante e mesmo solo. O cafeeiro respondeu a qualidade das argilas produzindo bebidas com diferentes nuances:  

 

 

Regiões magnéticas e a produção de café: Cerrado, Mogiana ou Sul de Minas

Independente da região produtora de café, seja Cerrado Mineiro, Mogiana, Sul de Minas, Diamantina, Matas de Minas ou Mantiqueira, ajudamos cafeicultores e empresários do café a mapearem regiões com maior potencial para cafés especiais e produtividade. Utilizamos ambiente da qualidade das argilas para café gourmet com grãos de arábica ou café tradicional com grãos de robusta. Utilize o mapa magnético para selecionar as regiões com maior potencial para produzir os melhores grãos, cultivo da planta e foque seu investimento no preparo da melhor bebida para obter um café com nuances diferentes, riqueza de sabor e aroma mais acentuados. Crie um mapa com cardápio de nuances em termos de aromas e sabores para bebida mole com base no magnetismo do solo para diferentes perfis de consumidores e compradores. Nossa tecnologia agrega valor e traz benefícios para as diferentes regiões produtoras de café nacional.

 

 

Classificação do café, Selos e Certificados por ambiente magnético

Os ambientes de produção para café feitos pela Quanticum são versáteis e podem ser utilizados para complementar resultados de diferentes sistemas de classificação, selos e certificados. Na Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), o café recebe uma nota que varia de 0 a 100 pontos, considerando cafés com notas acima 80 pontos como especiais. No Programa de Qualidade de Café (PQC) para grãos torrados e moídos, existem três categorias que variam em uma escala de 0 a 10: Tradicional (com nota inferiror 5), Superior (entre 5 e 7) e Gourmet (com nota acima de 7, aproximadamente).  Mais do que orientar práticas de manejo por ambiente magnético melhorando a rentatabilidade e sustentabilidade, o pacote tecnológico da Quanticum pode agregar valor em certificações e selos como: selo de origem e qualidade da Região do Cerrado Mineiro, Certificado Rainforest Alliance, UTZ Certified, Associação 4C, Certificação Fairtrade, Selo Orgânico e Programa Cafés Sustentáveis do Brasil  (PCS).  

 

 

Um único mapa: diferentes aplicações

Solucionamos incertezas com base em conhecimento aplicado. Operacionalidade, custo-benefício, escalabilidade, versatilidade e praticidade fazem parte da tecnologia Quanticum, e estão embutidos no DNA da nossa equipe. O mesmo mapa magnético pode ser utilizado para diferentes planos, ações e práticas de manejo, afinal estamos falando do DNA do solo (minerais da fração argila). Alguns minerais podem ser identificados pelas suas propriedades magnéticas. Com escala nanométrica esses minerais funcionam como verdadeiros nanoímãs, capazes de representa os processos que ocorrem no solo e influenciam na tomada de decisão. Como os ambientes magnéticos são estáveis, um uníco mapa pode ser utilizado para diferentes planos agrícolas ao longo dos 15 anos do cafezal: recomendações de adubação, potencial de armazenamento de água no solo, planejamento para fertirrigação e alocação de variedades. 

 

 

Veja como implantar a tecnologia Quanticum em 3 fases:

 

Vídeo