Amostragem estratificada, como fazer na sua fazenda?

Amostragem estratificada, como fazer na sua fazenda?

Você faz uma recomendação realmente precisa e exata para os solos da sua fazenda? Uma recomendação assertiva, sem erros, está diretamente relacionada com os critérios da amostragem do solo.

Muito mais importante do que conhecer as consequências, precisamos entender as causas. O entendimento das causas do solo permite-nos prevenir possíveis problemas, e não somente corrigir as consequências (desequilíbrio nutricional do solo e das plantas, perda de nutrientes e de solo, compactação do solo, desperdício do uso da água de irrigação, baixa eficiência de herbicidas e outras). Assim, como na Medicina, o médico solicita exames para o entendimento da doença e prevenção do avanço do quadro da enfermidade (prognóstico), na Agricultura também deve ser seguido o mesmo procedimento.

Nesse sentido, menos de 5% dos agricultores fazem análise de solo devido a vários motivos, entre eles: custo nas etapas de planejamento amostral e coleta de amostras de solo em campo, custo com análises laboratoriais e custo com os laudos baseados nas fases anteriores. A análise de solo é o exame dos solos que produtores rurais devem fazer uso para melhorar a performance agrícola de suas áreas e prevenir problemas.

Pensando nesses conceitos e preocupada com os desafios no campo de produtores de pequeno, médio e grande porte, a Quanticum preparou um pacote de AMOSTRAGEM ESTRATIFICADA. A multidisciplinaridade da equipe Quanticum, que mescla diferentes perfis profissionais, desde Matemática Aplicada a Ciência do Solo, permitiu a criação de um plano de amostragem estratificada, também chamada de amostragem setorizada. Esse tipo de amostragem identifica e mapeia as possíveis causas de resposta (consequências) de diferentes culturas. Além disso, a amostragem estratificada da Quanticum leva em consideração diversos fatores e processos de formação do solo, como geologia, forma da paisagem e potencial de oxidação e redução do solo. Porém, com o objetivo de facilitar a vida do produtor rural, a Quanticum resumiu todos esses fatores e processos em um único indicador, o indicador da qualidade das argilas, que é o magnetismo do solo.

Dessa forma, o mapa dos ambientes magnéticos, além de direcionar diferentes práticas agronômicas a níveis estratégico para gestores, tático para coordenadores ou operacional para líderes e chefes de fazenda, ele auxilia também nessas etapas tão importantes que são o planejamento amostral e a coleta de amostras de solo em campo, diminuindo assim vários outros elementos, entre eles: quantidade de amostras de solo a serem coletadas, custo de combustível com quadriciclos e tratores destinados às coletas, número de amostras coletadas em campo por colaborador, número de amostras por técnico de laboratório e área destinada para estocagem de amostras em laboratório. Como consequência da redução do volume de trabalho dessas pessoas, esses colaboradores podem concentrar as energias para a realização de trabalhos com qualidade AAA, pois poderão priorizar as atenções em detalhes importantes, que antes devido ao grande volume de serviço, passavam despercebi

Vejamos abaixo na figura como implantar a AMOSTRAGEM ESTRATIFICADA em sua fazenda. A amostragem estratificada é composta por duas etapas: a IMPLANTAÇÃO e a MANUTENÇÃO.

FASE 1 – Implantação:

No primeiro ano, o produtor rural irá realizar a amostragem georreferenciada convencional na fazenda (gride amostral de 1 ponto por hectare). Nessas mesmas amostras de solo, serão realizadas as análises magnéticas de forma rápida, precisa e sem contaminantes para o ambiente e as pessoas. As amostras de solo seguirão o fluxo normal para as análises químicas nos laboratórios, enquanto isso a equipe da Quanticum estará se dedicando para gerar o mapa com os ambientes magnéticos de sua área. Com o retorno dos resultados das análises químicas do solo, o corpo técnico da Quanticum, usando as mais avançadas técnicas de Matemática Aplicada e Ciência do Solo, selecionarão os pontos realmente representativos por ambiente magnético, que deverão ser amostrados na área agrícola a partir do segundo ano, ou seja, na FASE 2 – Manutenção.

FASE 2 – Manutenção:

A partir do segundo ano, e com o planejamento amostral e de coleta com base no mapa magnético em mãos, o produtor rural poderá reduzir em até 73% o número de amostras coletadas em campo e de análises químicas laboratoriais, dependendo das condições particulares de cada propriedade rural. Assim, a AMOSTRAGEM ESTRATIFICADA proposta pela Quanticum faz o produtor economizar, gerenciar melhor o tempo e melhorar a qualidade do planejamento amostral e da coleta de solo.

Converse com um especialista da nossa equipe e saiba como implantar na sua fazenda. QUERO IMPLANTAR